Executivo encaminha projeto de nova ponte

Investimento será de R$ 1 milhão. Proposta aguarda por liberação do Ministério da Integração Nacional

Com o objetivo de melhorar a trafegabilidade e a segurança, o Executivo elabora o projeto para construção de uma nova ponte sobre o Arroio Alegre, no centro. A atual estrutura foi erguida pelo exército em 2001, após a enchente ter arrancado a antiga ponte que fazia a ligação com os municípios de Canudos do Vale e Boqueirão do Leão.

No entanto, a ponte de ferro é estreita e permite a passagem de apenas um carro de vez, além de necessitar de reparos constantes pelo fato de parte da estrutura ainda ser de madeira. Conforme o prefeito Paulo José Grunewald, a nova ponte é uma reivindicação da comunidade. “Além de facilitar a passagem de veículos, oferecerá mais segurança aos pedestres. Hoje inexiste faixa por onde possam caminhar e se arriscam pela pista principal”, explica.

Outro problema é o fato da estrutura estar localizada em uma curva. “Veículos maiores tem dificuldade de acesso”, aponta. Além disso, muitos motoristas precisam percorrer rotas alternativas para chegar ao destino, devido ao limite de peso, 24 toneladas.

Durante a viagem à Brasília, na semana passada, Grunewald manteve audiência no Ministério da Integração Nacional e deputados federais para auxiliar na liberação dos recursos orçados em R$ 700 mil. O projeto está em fase de habilitação.

Grunewald destaca a contrapartida de R$ 300 mil dos cofres públicos para execução da obra. “Estamos confiantes. Será uma obra importante. Reduz a possibilidade de acidentes no local e melhora a trafegabilidade”, aponta.

Segundo o secretário do Planejamento, Indústria e Comércio, Vianei Noll, a ponte terá cerca de 60 metros de largura e 8,60 metros de comprimento. Haverá pista dupla e passagem específica de pedestres. “Foi planejada de acordo com a área e será construída em linha reta para facilitar o deslocamento de veículos”, finaliza.

Fase de seleção

Segundo a gerente municipal de Convênios e Contratos, Silvia Pedrotti, existem várias fases até que o valor encaminhado esteja disponível. “Fomos habilitados, mas estes recursos são disputados por várias cidades do país”, frisa.

O projeto foi protocolado em abril. Após a habilitação, foram encaminhados os documentos necessários para dar sequencia à próxima fase do projeto. “Se for homologado, vamos enviar o restante da documentação e aguardar pela seleção do projeto”, comenta.

Foto divulgação

Ponte

Legenda – Atual estrutura é estreita e não oferece passagem específica para pedestres

Ponte maquete

Legenda – Nova estrutura terá pista dupla com 60 metros de largura  e 8,6 metros de comprimento