Recuperação de estradas facilita escoamento da produção

Máquinas trabalham na limpeza de bueiros, abertura de valetas e colocação de material

A Secretaria de Obras, Viação e Interior intensifica o trabalho de patrolamento das estradas situadas na zona rural. Conforme o secretário Henrique Krüger, a meta é recuperar a maior parte dos trajetos até a chegada do inverno.

Além do patrolamento, é feita a limpeza de bueiros e a colocação de material, compactado com ajuda de um rolo compressor. A medida possibilita uma melhor trafegabilidade nos locais e diminui o surgimento de buracos devido à chuva. “O objetivo é oferecer estradas em boas condições para fazer o escoamento da produção”, afirma.

Nas últimas semanas os serviços se concentraram nas localidades de Arroio Abelha 2, Picada Kremer e Morro da Avipal. A próxima comunidade a receber os trabalhos da secretaria é São Vitor. “Nossa base é a agricultura e por isso buscamos manter todas as vias em bom estado”, comenta.

Outro serviço executado de forma permanente é a roçada e a recuperação de acessos. “Para isso é preciso fazer um protocolo. Quando estamos na comunidade, atendemos todos os pedidos para evitar gastos e transtornos desnecessários”, afirma.

“Nunca estava tão bom”

O agricultor Selmo Ivo Heinle, 77, de Arroio Abelha 2, mantém uma produção de 3 mil litros de leite por mês e criação de 30,2 mil frangos faz 25 anos. Para ele é fundamental manter a estradas em boas condições para facilitar o escoamento da produção. “Nunca estavam tão boas. As valetas e bueiros estão abertos, foi colocado material de qualidade e compactado. Foi um ótimo serviço”, elogia.

Da localidade parte mais de 100 caminhões carregados com suínos, leite e frangos por semana. Jonas Bauer, 28, investiu em torno de R$ 2,5 milhões na construção de três chiqueiros para alojar 2 mil suínos. “Nosso acesso foi todo recuperado. Isso é fundamental para evitar transtornos na hora de receber ração ou vender os animais. Hoje os caminhoneiros optam por passar aqui devido a precariedade das estradas de municípios vizinhos”, observa.

“Precisa manter assim”

Ricardo Luis, 27 e o pai Adão Ivo Bauer, 65, são produtores de leite. Para eles o serviço executado ficou muito bom. “Reclamamos quando estava ruim e agora temos que elogiar. Ter acesso e políticas de incentivo é fundamental para mais jovens ficar ou até mesmo retornar ao campo”, diz Ricardo.

Bauer elogia o trabalho realizado pela equipe de profissionais da secretaria. Segundo ele, é preciso manter as estradas em condições de trafegabilidade para evitar transtornos na hora de vender a produção agrícola.

Fotos e texto - Giovane Weber – Assessoria de Comunicação de Forquetinha