Próteses melhoram sorrisos e autoestima

Arno Walter Auler, 77, de Bauereck, em breve recebe a nova prótese dentária. “Dá para sorrir mais” brinca. Ele extraiu parte dos dentes ainda na juventude e por mais de uma década passou por dificuldades de mastigar. “Antigamente era muito caro ir ao dentista. Hoje está fácil, pois além do bom atendimento, todo procedimento é gratuito”, destaca.
Sirlei Radeuke, 40, do Atlético, elogia o programa desenvolvido. Para ela, ter um sorriso bonito melhora a autoestima. “Além de eliminar as dificuldades de mastigar, a gente se sente bem para conversar e sorrir com os dentes bonitos”, diz.
Jandir Selge, 26, em breve voltará a ter todos os dentes. “Farei uma prótese parcial. Tive problemas com cáries e arranquei alguns dentes. Ainda bem que é de graça, pois não teria R$ 1 mil para gastar com atendimento odontológico”, explica.  


Mais saúde


O programa Brasil Sorridente, desenvolvido em parceria com o Ministério da Saúde, beneficiou mais de 900 moradores desde 2014. Segundo a secretária de Saúde, Habitação e Assistência Social, Heidi Grunewald, a ausência de dentes, além de comprometer a saúde, prejudica a autoestima.
Os pacientes são atendidos na Clínica onde passam por alguns procedimentos para realização dos moldes, adequação e instalação das próteses. Todo o processo é conduzido e acompanhado pelos dentistas do município. Por mês são oferecidas 20 unidades, de forma gratuita.


Fique atento


Diego Kehl


Segunda a sexta-feira – 7h30min às 11h30min
Camila Arossi


Segunda a sexta-feira – 13h às 17h


Observação: ambos atendem com horário marcado previamente

Texto e Foto Giovane Weber/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Forquetinha