Novembro Azul alerta para o câncer de próstata

Ações conscientizam para importância dos exame e orienta sobre sintomas

Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) estimam mais de 68 mil novos casos da doença neste ano. Um em cada sete homens no Brasil terá câncer de próstata. Essa é a doença mata um brasileiro a cada meia hora.

A fim de incentivar a prevenção e o diagnóstico precoce, novembro foi escolhido como mês oficial de conscientização sobre o câncer de próstata. Para alertar da importância da prevenção e dos exames periódicos, a Secretaria de Saúde, Habitação e Assistência Social desenvolve durante todo mês uma série de ações para alertar sobre os sintomas e a importância dos exames.

Conforme secretária Heidi Grunewald o objetivo da campanha é esclarecer, orientar e desmitificar alguns mitos quanto ao exame. “Quanto antes a doença for descoberta, mais as chances de cura. Oferecemos todo apoio, com uma equipe multidisciplinar”, destaca.

“Temos que nos prevenir”

O agricultor Nelson Bauer, 74, de Arroio Abelha anualmente faz os exames. “Nunca tive problemas. Temos que perder o medo e a vergonha. Prevenir é a melhor solução”, entende.

Olécio Schmitz, 68, de Araguari está em tratamento. Descobriu a doença faz alguns anos. “Fiquei sabendo ao fazer o teste. Por isso todos deveriam se consultar, pois quanto antes a gente descobrir, maiores as chances de cura”, afirma.

A melhor forma de prevenção da doença é a consulta médica. A partir dos 40 anos, a orientação médica é frequentar revisões em urologistas. O risco de desenvolver o câncer de próstata aumenta com a idade. O mais comum é após os 60 anos.

Principais sintomas

- Dificuldade de interromper ou de iniciar a passagem da urina;
- Urinar em gotas ou jatos sucessivos;
- Necessidade de fazer força para manter o jato de urina;
- Sensação de dor na parte baixa das costas ou no períneo (abaixo dos testículos);
- Sangue na urina ou no esperma;
- Presença de dor durante a passagem da urina ou quando ejacula;
- Testículos, região lombar, bacia, joelhos ou ossos doloridos.

Foto e texto Giovane Weber/ FW Comunicação – Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Forquetinha