Moradores participam de encontro da saúde

Palestra, oficina de artesanato, marcação de exames e testes rápidos foram oferecidos

A agricultora Ana Mari Pessi da Costa, 60, do Atlético escutava atentamente à palestra do médico Issacar Gabe sobre como melhorar a autoestima e a qualidade de vida. “Preciso ter um tempo só para mim, descansar e estar em paz. A gente trabalha demais e hoje eu percebi que isso faz mal”, observa.

Para Gabe, este é um dos motivos pelos quais muitas pessoas tem problemas de saúde. Segundo ele, todos necessitam tirar um tempo ao longo do dia para relaxar o corpo e a mente. “O trabalho é importante, mas é preciso ter momentos de lazer. Isso ajuda a diminuir muitas vezes a insatisfação com a vida ou mesmo frustrações”, entende.

A psicóloga Liége Bernsmüller falou da importância de cuidar da saúde. “Precisamos estar bem para podermos ajudar os outros”, diz. A comunidade do Atlético foi a primeira a receber todos os profissionais da saúde, assistência social e oficineira.

Conforme a secretária da Saúde Heidi Grunewald, esta é uma forma de levar os projetos desenvolvidos mais próximos da população. “Eles tem a oportunidade de conversar, tirar dúvidas, marcar consultas e ainda se divertir”, comenta.

O encontro ocorreu na última quinta-feira, no ginásio do Clube Atlético, em Arroio Alegre. Mais de 40 pessoas participaram. Durante a tarde os profissionais realizam a verificação de pressão arterial, coleta de pré-câncer, agendamento de mamografia, de consultas com ginecologista, aplicação da vacina contra a gripe em idosos (acima de 60 anos) e testes rápidos (HIV, sífilis, hepatites B e C).

A oficineira Rosangela Duarte ensinou técnicas de artesanato.

“Saúde é nota 10”

O padeiro Carlos Noberto Schussler, mora na comunidade faz quatro anos. Após se aposentar trocou o terreno com casa em Lajeado por uma chácara. Elogiou o trabalho e os projetos em andamento na área da saúde.

“Está muito bom. Temos profissionais qualificados e um atendimento humanizado. Sem filas e quase todos os remédios são gratuitos. Não temos do que reclamar”, observa. 

Mais vídeos e fotos na página oficial da Prefeitura no Facebook.

Fotos Maiara Born e texto Giovane Weber/FW Comunicação/Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Forquetinha