Ações despertam a consciência ambiental

Distribuição de mudas, plantio, teatro e palestras integram programação da Semana do Meio Ambiente

Alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 5 de junho, a secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com a Emater e a secretaria da Educação, Cultura, Turismo e Desporto desenvolvem diversas ações.

Na terça-feira de manhã, os alunos do 7º ano Escola João Batista de Mello distribuíram mudas de árvores doadas pelo viveiro da Cooperativa Certel, de Teutônia. A blitz foi realizada com auxílio da Brigada Militar.

Na parte da tarde, a recuperação de nascentes e áreas de preservação permanente foi tema de palestra com o chefe do escritório da Emater Arthur Eggers. A ação envolveu alunos do 9º ano e encerrou com plantio de mudas nativas no Parque de Exposições Christoph Bauer.

O secretário da Agricultura Adair Pedro Groders destaca a importância das ações desenvolvidas. “Cada um pode fazer a sua parte. Separar o lixo, cuidar das matas, arroios, enfim são atitudes simples que garantem um ambiente preservado para as futuras gerações”, entende.

Exemplos com atitudes

Para a bióloga Camila Doebber, a melhor forma de conscientizar as pessoas é por meio de exemplos e de atitudes. “A saída da zona de conforto para mudar um hábito é difícil, mas se enxergamos que é possível, através da atitude de outras pessoas, as mudanças podem ser mais fáceis e aceitas”, afirma.

Entende que é fundamental difundir o conhecimento para avançar na conscientização. Por isso, é necessário o desenvolvimento de atividades que resgatem a aproximação das pessoas com o meio em que vivem, para que reconheçam sua importância e desenvolvam suas atividades de forma consciente e sustentável, aponta.

Comunidade envolvida

Segundo a secretária da Educação, Deisi Mathias da Silva, todas as ações educativas sobre conscientização do meio ambiente são válidas. Destaca que as ações da Semana do Meio Ambiente tem o propósito de trabalhar não só com os alunos em sala de aula, mas também levar para a comunidade a importância da preservação e da reciclagem.

Legado para as gerações futuras

Raul Arend, 79, deixou um legado para as futuras gerações enquanto era diretor e professor no colégio João Batista de Mello. Na época criou um viveiro, o qual produzia 5 mil mudas. “Em dias de festa os alunos, pais e visitantes recebiam parte das mudas para plantar”, conta.

Nas aulas de ciências os estudantes cuidavam das plantas e acompanhavam seu crescimento. “Os ipês roxos fomos nós que plantamos em 1979”, menciona.
Emocionado, elogiou a ação do governo municipal. “São eles que vão despertar na família, vizinhos e amigos de que precisamos, sim, preservar o meio ambiente. Por isso, essa conscientização precisa começar desde cedo e por eles”, enaltece.

Dono de uma área de terras no centro, mantém um mini jardim botânico. São milhares de espécies nativas, a maioria delas cultivada na beira do Arroio Alegre.


São eles que vão despertar na família, vizinhos e amigos de que precisamos, sim, preservar o meio ambiente.

Raul Arend, professor

 


“Precisamos começar em casa”

O motorista Adacir Assolini, popular Alemão, diz que a conscientização precisa iniciar pela família. “Separar o lixo, fazer o descarte correto, evitar jogar na rua, poluir as nascentes. Nós temos que dar o exemplo aos nossos filhos e assim seremos multiplicadores de boas iniciativas”, afirma.

Ele a mulher ensinam o filho a adotar regras e posturas que priorizem a preservação do meio ambiente. “Atitudes simples, mas que fazem toda diferença no futuro”, finaliza.

Programação

11 de junho – Terça-feira

- Apresentações da Escola João Batista de Mello – Teatro “Uma reunião para salvar o mundo” e Dança Moderna;
- Espetáculo Guardiões da Árvore Sagrada (Teatro Luz & Cena e Sesc);
- Exposição de desenhos (1º a 4º anos);
- Concurso fotográfico (5º a 9º anos);
 * O evento é aberto à comunidade e inicia às 13h no Salão de Pedras, do Parque de Exposições Christoph Bauer;

13 de junho – Quinta-feira

- Peça teatral para alunos do 1º as 5º anos pela manhã (teatro da Univates);
- Apresentações na Escola João Batista de Mello – Teatro “Uma reunião para salvar o mundo” e Dança Moderna, no teatro da Univates, no turno da tarde.

Mais vídeos e fotos na página oficial da Prefeitura no Facebook.

Foto e texto Giovane Weber/FW Comunicação/Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Forquetinha