Visitas para manter a saúde mental

Equipe orienta população sobre os cuidados e medidas a serem tomadas para evitar a Covid-19

Para muitas pessoas, lidar com o isolamento social exigido pela pandemia da Covid-19 não é nada fácil. Diante disso, a equipe da Secretaria da Saúde, coordenada pela psicóloga Liége Bernsmüller e a oficineira Rosângela Duarte acompanham de forma contínua as participantes do grupo da oficina terapêutica.

Os atendimentos atentam para práticas preventivas e cuidados com a saúde mental. Segundo Liége este trabalho iniciou no final do mês de março quando os encontros presenciais foram suspensas devido à pandemia.
“Como a oficina terapêutica tem como objetivo a prevenção e cuidado em saúde mental, buscamos nos adaptar, para que pudéssemos continuar acompanhando e evitando que se sentissem sozinhas, nesse momento de incertezas”, explica.

Para ela, os resultados são recompensadores, pois as participantes esperam com alegria e entusiasmo pelo dia da visita, mostram o que estão produzindo, expõem as dificuldades e acima de tudo expressam o quanto são felizes por fazerem parte do grupo.

“Além das visitas, criamos um grupo virtual, onde enviamos dicas de atividades, mensagens, informações e trocamos fotos do nosso dia a dia, estreitando ainda mais nosso vínculo com todos”.

Autocuidado

Durante as visitas, é ressaltada a importância do autocuidado, não apenas pela questão do vírus, mas para que possam manter uma boa saúde mental e emocional, como pegar sol, fazer caminhadas, praticar algum tipo de exercício, ocupar a cabeça com coisas que tragam prazer, se alimentar bem e estarem com quem gostam.

Mesmo com a pandemia, nossos serviços em saúde não podem parar. E se estamos limitadas por um lado, por outro, conseguimos ver o quanto podemos fazer muito, para além de uma sala de atendimento, finaliza.

Foto e Texto Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Forquetinha