Dia de Campo Virtual destaca bovinocultura de leite

Evento será transmitido no YouTube oficial da Emater/RS-Ascar, dia 24, a partir das 13h45min

Com uma proposta de qualificação técnica para produtores, técnicos e lideranças envolvidas com a cadeia produtiva do leite, a Emater/RS-Ascar, através do Escritório Regional de Frederico Westphalen, realizará no dia 24 de março o primeiro Dia de Campo Virtual sobre Bovinocultura de Leite.

O evento será transmitido no YouTube oficial da Emater/RS-Ascar, no canal Rio Grande Rural, com início às 13h45min. O Dia de Campo Virtual está aberto para a participação de produtores rurais, técnicos e profissionais que trabalham com área da bovinocultura de leite.

Entre as temáticas que serão apresentadas durante a atividade, destacam-se a ergonomia dos trabalhadores, bem-estar animal, uso de homeopatia na produção de leite e defesa sanitária animal.

Alternativa

Segundo o extensionista rural e coordenador regional de sistemas de produção animal da Emater/RS-Ascar, Valdir Sangaletti, a realização do dia de campo virtual foi uma alternativa encontrada para dar continuidade ao trabalho da Emater na área de capacitação, repasse de conhecimento e informação às famílias assistidas na atividade leiteira, pela importância social e econômica que ela representa em todo Estado.

De acordo com o chefe do escritório local Arthur Eggers com a pandemia as visitas e eventos como Dias de Campo e capacitações presenciais foram suspensas. “A assistência é prestada de forma virtual e remota. Como a maioria dos produtores tem acesso às redes sociais, fica fácil acompanhar e aprender novas formas de qualificar a produção, assim como reduzir custos.”

Os produtores de Forquetinha podem participar de forma online. Importante informar presença e avaliação do evento pelo telefone (51) 3613-2011 ou 51 9585-6242 (WhatsApp).

Programação

Primeira estação – Bem-estar das pessoas, ergonomia da produção de leite (Emater de Nova Boa Vista)

Segunda estação – Bem-estar animal: sombra, água e pasto (Emater de Pinheirinho do Vale)

Terceira estação – Uso de homeopatia na produção de leite (Emater de Gramado dos Loureiros, Rondinha e Sarandi)

Quarta estação – Defesa Sanitária Anaimal – médico veterinário Roberto Vieira da Cunha (extensionista rural da Emater)

Foto Divulgação e texto Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Forquetinha