Novo poço artesiano soluciona falta de água

Com investimento próprio de R$ 97,2 mil, administração resolve problema de desabastecimento. Estrutura garante vazão de 24 mil litros de água por hora

Em épocas de estiagem durante o verão era comum as famílias de Picada Schüssler e São Vitor registrarem a falta de água nas propriedades. A vazão dos poços que abasteciam as comunidades era insuficiente para atender toda demanda.

Com isso, a administração municipal providenciou recentemente a perfusão de um novo poço artesiano. A estrutura, com 550 metros de profundidade e uma vazão de 24 mil litros de água por hora, recebeu investimento de R$ 97,2 mil com recursos próprios.

Segundo o prefeito Paulo José Grunewald esta era uma demanda antiga dos moradores. “Se não fosse o caminhão pipa estas famílias passariam sede e sua produção seria seriamente afetada. Hoje estas duas comunidades concentram os maiores índices produtivos do município e por isso era necessário solucionar o problema.”

Adiantou que em breve será feita uma reunião com a Associação de Água das duas comunidades para definir os trâmites legais e interligar as duas redes de água (Picada Schüssler e São Vitor).

De acordo com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Adair Pedro Groders, a obra permite oferecer para todos uma água potável e de elevada qualidade. “O risco de desabastecimento terá fim.”

“É uma conquista imensurável”

Para o ex-vice-prefeito e vereador da comunidade, René Becker, a perfuração do poço artesiano é uma grande conquista para todos. A falta de água era um problema antigo.

Muitas famílias dependiam exclusivamente, em épocas de estiagem, do abastecimento feito pelo caminhão pipa da Secretaria Municipal de Obras, Desenvolvimento Urbano e Rural.

Além de interferir na criação de animais, causava desconforto e preocupação para as famílias que dependiam da água para os afazeres domésticos como cozinhar, lavar roupa, tomar banho e até para beber.

“Felizmente com esta obra feita pela atual administração o problema está solucionado. Para nossa surpresa o poço deu uma vazão de 24 mil litros de água por hora. Vai abastecer a Picada Schüssler e também São Vitor. Ainda possibilitará novos investimentos e ampliação da produção primária.”

Segundo Becker, os benefícios são imensuráveis. Define a obra como a realização de um sonho que garantirá às comunidades mais qualidade de vida e um local melhor para viver.

Foto e Texto Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Forquetinha