Comunidade recebe iluminação com lâmpadas de LED

Com investimento de R$ 33,1 mil, Executivo vai fazer a instalação de equipamentos entre a rodovia ERS 424 e ponte do Bauereck

A moradora Dilse Hübner está ansiosa para ver o resultado das obras que iniciaram esta semana na comunidade de Bauereck. O trecho entre a rodovia ERS 424 e a ponte sempre esteve às escuras e oferece grande risco de acidentes e até mesmo assaltos.

“A lâmpada na frente de casa, que está em uma esquina, sempre tem problemas. Assim, a maioria das vezes no período da noite está tudo escuro. Além do risco de ocorrer alguma colisão, sem iluminação adequada é um chamarisco até para assaltos.”

Ela destaca a importância do projeto para garantir mais segurança para todos. “Era um pedido de muitos anos e que hoje é atendido. Agora só falta fazer este trechinho de asfalto para tudo ficar 100%.”

Mais segurança

Conforme o Secretário Municipal de Obras, Desenvolvimento Urbano e Rural, Henrique Krüger, o objetivo é melhorar a visibilidade e a segurança do trajeto no período da noite.

“É uma obra muito necessária. É um trajeto com muito movimento de carros e caminhões porque liga para muitas comunidades e municípios, principalmente em função do setor primário. Agora, devidamente sinalizado e claro, o risco de acidente ou demais imprevistos é quase nulo.”

O Secretário Municipal de Administração Roberto Luis Müller destaca o investimento de R$ 33,1 mil, com recursos próprios. Ao longo dos últimos anos a atual administração investiu na nova tecnologia em várias localidades como Centro, Vila Born, Vila Storck, Várzea e Bauereck. São mais de 200 pontos instalados e o valor aplicado passa de R$ 350 mil.

Mais economia

O prefeito Paulo José Grunewald ressalta o aumento da segurança aos pedestres e motoristas ao longo dos trechos no período da noite. “Além de deixarmos a cidade mais segura, ela está mais bonita. Não podemos esquecer da economia proporcionada, já que esta tecnologia reduz em muito o consumo de energia elétrica.”

Para o vice-prefeito Grasiani Galli, o sistema antigo está ultrapassado e a manutenção se torna mais onerosa. “Sempre pensamos em aplicar bem o dinheiro público e em benefício de todos.” A potência das lâmpadas é de 130 watts, com vida útil de 50 mil horas.

Fotos e Texto Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Forquetinha